17.9.07

Mulher-gata

Sou leve, sou livre, valorizo a felicidade.
Vou pra rua, sinto a vida,
E a beleza pelos ares.
Mas se tenho uma mania
É gostar de um cafuné.
Faço manha, me enrosco,
Meio gata, meio mulher.
Marina Speranza

Um comentário:

Lu Lopes disse...

Ahh !! E quanto vale esse tal de cafuné... !!
beijooo
Lu